14 de maio de 2016

5 coisas que comecei a comer (mais frequentemente) depois de entrar no ginásio



Já lá vai um mês de ginásio e, com ele, toda uma vida de preguiças e maus hábitos. Sou sincera: nunca pensei gostar tanto desta 'rotina' de ir ao ginásio. As minhas expetativas foram brutalmente superadas e, ao contrário do que esperava de mim mesma, ir ao ginásio (quase) todos os dias tornou-se num prazer para mim e não numa 'obrigação'. Posso também dizer que ganhei outro tipo de hábitos super saudáveis (para além do exercício físico) que não tinha, tais como acordar e deitar-me mais cedo do que o habitual e, assim, conseguir aproveitar melhor o dia; comer melhor ao pequeno almoço; sentir-me com mais energia ao longo do dia e, também muito importante, mudei imenso a minha rotina alimentar.

Quando fiz o meu plano de treino com a minha personal trainer, para além do conjunto de exercícios que ela recomendou para o incremento da massa muscular, ela deu-me também imensos conselhos para a minha alimentação que me podem ajudar a chegar ao objetivo ao qual me propus. Vários alimentos já faziam anteriormente parte da minha rotina alimentar, outros nem por isso, pelo que decidi comprar, experimentar e hoje dou-vos a conhecer 5 coisas que comecei a comer com frequência depois da minha entrada no ginásio:



Massa/Arroz Integral

Conselho da personal trainer. Sabiam que a massa e o arroz integral têm muito mais nutrientes que as massas e o arroz normais? Existem imensas receitas na internet com este tipo de alimento, super fáceis e saborosas e, algumas delas, eu já experimentei e estão aprovadíssimas. Se quiserem um post sobre isso digam-me nos comentários



Carnes Brancas

Frango, peru, pato e peixe! Desde há dois anos para cá que as carnes brancas têm sido a escolha preferida cá em casa pela minha mãe. Para além de ser uma carne muito mais saudável e menos gordurosa que as carnes vermelhas, têm imensa energia e proteínas. São também uma escolha acertada para quem quer, tal como eu, aumentar a massa muscular




Manteiga de Amendoim 

Sempre adorei manteiga de amendoim mas confesso que foi rara a vez que comprei para ter em casa. Apesar de ser um alimento muito rico em nutrientes e de ser uma boa fonte de energia, comprar nos supermercados torna-se um pouco dispendioso. Melhor melhor ... é comprar nos sítios certos.




Batata Doce

Esta não podia mesmo faltar. Provei batata doce no dia em que a minha PT me deu o plano alimentar. Já tinha tido alguma curiosidade em provar mas faltava-me este 'clic' para o fazer. Ao princípio não fiquei fã, mas depois de pesquisar algumas receitas na internet e fazer a batata doce da maneira certa fiquei rendida, e até posso dizer que, hoje em dia, prefiro mil vezes a batata doce à batata normal. Este alimento fornece energia com carboidratos saudáveis sem elevar muito o açúcar no sangue por isso é ótimo para quem quer aumentar a massa muscular.




Quinoa

Não fazia a mínima ideia do que era quinoa porém, atualmente, não passo sem ela. Estes pequenos 'grãos' são considerados 'pseudo-cereais', pois possuem os mesmos nutrientes que os cereais propriamente ditos (sendo, por isso, ricos em fibras). A quinoa é um alimento de alto valor biológico pois possui todos os aminoácidos essenciais para o nosso corpo.


Claro que, para além destes cinco alimentos, optei também por acrescentar ou manter outros para tentar equilibrar mais a minha alimentação e tentar conciliá-la com os treinos. E vocês, também têm implementado estes alimentos na vossa alimentação?

(todas as imagens retiradas daqui)



Sem comentários:

Enviar um comentário