11 de novembro de 2015

Miss You, Madrid

"Era uma vez uma rapariga que decidiu ir a Madrid", assim começa esta história. Estávamos em 2013 (não foi assim há tanto tempo atrás) e, juntamente com uma amiga, decidi viajar: ela muito experiente nesta coisa das viagens; eu sem nunca sequer ter saído de Portugal e tão pouco ter posto os meus pezinhos num avião

O primeiro passo foi marcar as nossas férias do trabalho para a mesma semana. Depois a escolha do local. Falou-se em Londres, mas acabámos por nos render a Madrid (sempre achei que a língua espanhola tinha outra pinta). Quando dei por mim já tínhamos data, avião e hostel marcados e foi uma mera questão de tempo até chegar o dia B

O dia da viagem foi um dia repleto de estreias, a começar pela entrada no Aeroporto de Lisboa. Aquilo é tãoo grande que andava quase de mão dada à minha amiga como se fosse uma criança. Adorei passar pelo 'pi-pi-pi'. Amei de morte andar de avião. Não gostei do Compal de tomate que me deram no avião, era horrível. Viajámos pela TAP, aterrámos em Madrid eram 23:00, apanhámos o metro (que tem umas 670 linhas diferentes) e lá conseguímos dar com o hostel (que era mesmo mesmo no centro de tudo).

Ficámos por Madrid 4 dias, andámos até os pés ficarem roxos e as pernas doridas mas foi qualquer coisa de brutal. Provei as famosas tapas, passei pelo senado espanhol, passeei pelas avenidas principais e fui a jardins lindíssimos. Foi um espetáculo e espero um dia voltar, sem dúvida.































Sem comentários:

Enviar um comentário